benditapalavramaldita


06/05/2006


imagine se,

por algum estranho motivo,

a música parasse de tocar

 

*******************************

 

e fosse consumida apenas através de partituras ????? 

o mundo ficaria mais triste.

 

*********************** 

 

foi isso que aconteceu com a poesia.

ela se afastou da fala, do corpo e se confundiu com a escrita,

 tornando-se monopólio de um estreito círculo de iniciados.

 

mas isso está mudando.

isso está mudando.

 

*******************************

 

BENDITA PALAVRA MALDITA

quatro noites de Artimanhas

uma serata futurista 

nossos melhores bardos

nossas melhores lendas

duas gerações de praguejadores

duas constelações de autofalantes

o sesc abriga e nós comemoramos

a vida é curta pra ser pequena

 

ESPAÇO SESC - COPACABANA -

DE 25 A 28 DE MAIO DE 2006.

25 / 05 - FAUSTO FAWCETT (part. Renata Davies) / BOTIKA.

26 / 05 - ALEX HAMBURGER / DOMINGOS GUIMARAENS.

27 / 05 - CHACAL (part. As Doidivanas) /

OMAR SALOMÃO (part. Qinho e os Cara)

28 / 05 - VIVIANE MOSÉ / MARIA REZENDE.

 

OFICINA BPM - MODO DE USAR

15 a 18 DE MAIO /  19 hs às 21:30 hs- CHACAL

grátis

conversas sobre performances e poesia falada.

 

Escrito por chacal às 05h54
[ ]

quinta : 25 / 05 às 20 hs

 

FAUSTO FAWCETT nasceu em Copacabana, maio de 57. Formou-se em jornalismo / PUC – universidade onde começou a fazer suas primeiras apresentações / operetas rap que a partir de 86, ganharam espaço na dita mídia / várias casas noturnas abrigando esses ataques verbais / ataques ampliados, reverberados, espalhados em livros ( Santa Clara Poltergeist, Básico Instinto, Copacabana Lua Cheia), músicas ( Rio 40º, Balada do Amor Inabalável, Kátia Flávia) shows ( Básico Instinto, Império dos Sentidos, Santa Clara Poltergeist) e na peça Cidade Vampira.

 

................................

 

BOTIKA é flaflu desde 1982

produziu o cep 20000 por 3 anos

é cantor e compositor da banda Os Outros

 

Escrito por chacal às 05h37
[ ]

sexta : 26 / 05 às 20 hs

 

DOMINGOS GUIMARAENS tem 26 anos é poeta e artista visual. Trabalha mais de madrugada, mas precisa acordar cedo. Seus trabalhos visuais dialogam com a poesia fundindo linguagens. Cresceu no CEP20000 onde atua e agita desde 2001. Participou e organizou vários eventos de arte-viva no Rio de Janeiro, São Paulo e até na altitude da Cidade do México. Por fim espera que mais venha por aí!

 

ALEX HAMBURGER : desde o início de suas atividades nos anos 80, A.H.teve seus interesses voltados para as possibilidades interativas, de fusão e entrecruzamento disciplinar, tomando a experiência poética como ponto de partida e desenvolvendo, ao longo dos anos 80,90 e 00 trabalhos de poesia visual e sonora, poemas objeto, livros de artista, perfas, etc.

Escrito por chacal às 05h37
[ ]

sabádo : 27 / 05 às 20 hs.

 

 

CHACAL, 55, tricolor, carioca. tem 12 ou 13 livros. conviveu com 5 gerações de poetas. viu e produziu muito show. leu alguns livros inesquecíveis. já jogou muito. o que quer, mais o que não esqueceu, levam esse cara adiante.

 

................................

 

OMAR SALOMÃO - Quando criança queria ser astronauta.Frustrado, foi escrever poesia. Lançou em 2005 seu primeiro livro, À Deriva (Ed. Dantes) e hoje, aos 23, é apresentador do programa Quarto Mundo (Multishow). Integrante da banda Qinho & Os Cara , onde não toca nem canta (não, ele também não dança), pretende, um dia, terminar a faculdade de cinema na PUC para quando for preso ter direito à cela especial.

 

Escrito por chacal às 05h36
[ ]

domingo : 28 / 5 às 19 hs.

 

MARIA RESENDE é poeta e FALA poesia. Em 2003 lançou seu primeiro livro de poemas, substantivo feminino. Com Rodrigo Bittencourt dirigiu por três anos o projeto multimídia Te vejo na Laura. Teve poemas publicados na revista Playboy e na antologia Imagining Ourselves, do International Museum of Women de São Francisco, ao lado de obras de mulheres do mundo inteiro.

 

................................

 

VIVIANE MOSÉ é poeta e doutora em filosofia, publicou os livros de poemas Escritos (Imã, 1989), Toda Palavra (7 letras, 1997) e Pensamento Chão (7 letras, 2001). Em maio lança pela editora Record o livro Desato. Publicou ainda sua tese de doutorado Nietzsche e a grande política da linguagem (Civilização Brasileira, 2005), entre outros.

Escrito por chacal às 05h34
[ ]